Tiradentes Bike Fest 2019

Durante os dias 26 a 30 de junho, motociclistas tomaram completamente às ruas da histórica cidade de Tiradentes em Minas Gerais. Pessoas de diversas cidades do Brasil, pilotando vários tipos de motos, se reuniram para aproveitar esse evento que está na sua vigésima sétima edição. 

Para quem nunca foi a Tiradentes, a cidade conta com diversas atrações como: igrejas históricas, diversos bares e restaurantes, lojas de artesanato, diversas opções de hospedagem e muito mais.

Porém neste fim de semana focado em motociclismo, existia também um pavilhão com muitas opções voltadas para o ramo, vale ressaltar que a entrada é gratuita.

Havia uma exposição das principais montadoras de motos para apreciarmos os lançamentos e os modelos já em linha.

O pavilhão também contava com uma serie de stands, com uma variedade enorme de produtos para os consumidores e apreciadores de motociclismo.

Como não poderia faltar, um bar com cerveja gelada e um palco para a apresentação de diversas bandas com ótima seleção musical.

Fora do pavilhão, algumas montadoras ofereciam atrações. No caso da Triumph era possível até fazer test ride, incluindo os mais novos lançamentos! Fora o pavilhão a praça principal da cidade é local onde a maioria dos motociclistas se encontram. Rodeada por bares e restaurantes, não faltam boas opções de comida e bebida.

A atmosfera não poderia ser melhor e uma boa oportunidade de conhecer pessoas com outras experiencias. Conversei com diversos estilos de motociclistas, compartilhei minhas experiencias de customização de moto, roteiros que planejei e muita conversa boa! Mas também aprendi muito e sai de lá com muitos passeios que quero fazer em breve.

Algumas pessoas de regiões próximas preferem somente passar o dia, sendo que o maior movimento acontece sábado. Porém, se você prefere dormir na cidade e aproveitar mais o evento, como eu fiz, minha recomendação é se hospedar relativamente próxima ao centro.

Desta maneira poderá estacionar sua moto na chegada e só retirar na saída, locomovendo-se a pé pela cidade. Pilotar sua máquina e estacioná-la pode ser um inconveniente, pois fora as ruas feitas de paralelepípedos antigos, que dificultam um pouco a mobilidade, a cidade fica completamente lotada de motos. 

Mas você deve estar se perguntando, então é um evento de moto que eu não piloto minha máquina? As estradas que levam a Tiradentes estão em boas condições e são bem divertidas.

No meu caso parti de São Paulo. Existe a opção de ir pela Fernão Dias e depois pegar estradas menores, ou também ir pela Carvalho pinto/Dutra e depois apreciar o trajeto que corta a Serra da Mantiqueira. Na ida escolhemos a primeira opção é na volta a segunda, que na minha opinião é a melhor maneira. As estradas da serra da Mantiqueira podem ser cansativas devido à grandes quantidades curvas. Portanto é melhor fazer este trecho no começo do percurso quando estiver descansado e deixar as estradas maiores para o final.

Este trajeto também é um pouco mais demorado, portanto, como queríamos chegar o mais cedo possível, a Fernão Dias foi a escolha na ida. Porém o plano de chegar cedo em Tiradentes logo se desfez, pois após a primeira parada para abastecimento, a bateria da minha moto acabou quando me aproximava a um pedágio. Portanto tivemos que parar no acostamento interrompendo a jornada. Fui atendido pelo guincho da concessionária e levado para o posto mais próximo.

Encontrei uma bateria em Três Corações, que fica a 40km à frente de onde estava. Segui de guincho até a cidade, esperei algumas horas até a bateria nova carregar para seguir viagem, chegando em Tiradentes somente por volta das 19:00. Porém este pequeno contratempo não afetou em nada toda a diversão que foi este evento! 

Está foi minha primeira vez comparecendo ao evento e posso dizer com toda certeza que farei o maior esforço para voltar com uma grande frequência. Se possível já no ano que vem! Portando se você ainda não foi recomendo muito que vá e se já foi, que continue prestigiando este clássico encontro motociclístico! 

Texto: Guilherme Foster | Fotos: Kadu Pinheiro

Um comentário em “Tiradentes Bike Fest 2019

  • julho 6, 2019 em 00:50
    Permalink

    Boa noite, ótima reportagem e transmite muito bem oque é o evento, falo convencido pois frequento o mesmo á 8 anos seguidos e peso a Deus que me ajude dando saúde para continuar a frequenta lo. Beijos a todos. Wagner

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *