A novíssima Triumph Rocket 3 é a motocicleta de produção em série com o motor de maior cilindrada disponível. Com 2.500 cm³ distribuídos nos três cilindros em linha, ele rende 182 cavalos de potência a 7.000 rpm e um fabuloso torque de 22,9 kgf.m em 4.000 rpm e é capaz de entregar uma aceleração incrível para estabelecer o novo recorde de 2,73 segundos para alcançar 60 milhas por hora, partindo do zero.

Aqui no Brasil utilizamos a unidade de medição de velocidade em quilômetros por hora, então para nós vale a regra do 0 a 100 km/h, apesar da conversão de milhas em quilômetros ser exatamente 96 km/h. 

Triumph Rocket 3: novo referência quando o assunto é torque (Divulgação)

Este novo recorde de arrancada da Rocket 3 é um marco inédito para a Triumph, já que este era um território desconhecido pela marca inglesa.

Triumph Rocket 3: visual anabolizado e arrebatador (Divulgação)

Paul Stroud, diretor comercial da Triumph diz que este marco deixa a equipe muito orgulhosa e demonstra a alta capacidade que os ingleses tem em desenvolver uma motocicleta de produção em série capaz de oferecer um alto desempenho totalmente controlável para pilotos com uma boa base de experiência, pois é fato que a Rocket 3 não é uma motocicleta para iniciantes.

Triumph Rocket 3: motor tem acabamento primoroso (Divulgação)

O novo recorde de 2,73 segundos foi estabelecido na pista da Cartagena, na Espanha, no dia 6 de outubro de 2019, um domingo. Fora a aceleração, a equipe conseguiu constatar a alta performance da Rocket 3 em curvas, afirmando o quanto a nova motocicleta é ágil e dinâmica na pilotagem.

Triumph Rocket 3: eixo cardã para entregar toda a potência (Divulgação)

Conforme os especialistas, a nova Rocket 3 é tão fácil de pilotar que ela pode ser comparada com a Speed Triple e não com as roadster musculosas. A única preparação feita para a avaliação foi a retirada dos espelhos retrovisores e do suporte da placa.

Triumph Rocket 3: visual minimalista (Divulgação)

A equipe Triumph recebeu apoio do fabricante britânico de pneus Avon e conforme o engenheiro chefe da Triumph, Stuart Wood, o recorde foi impulsionado pelos pneus Avon Cobra Chrome, que garantiram a aderência e a estabilidade necessárias. Os pneus Avon Cobra Chrome utilizados na Rocket 3 foram desenvolvidos especialmente para este modelo e oferecem aderência excepcional e durabilidade incríveis.

Triumph Rocket 3: pneus Avon desenvolvidos especialmente para o modelo (Divulgação)

A Triumph tem uma história gloriosa nas corridas, competindo e vencendo corridas em diversas categorias e campos de realizações esportivas de motocicleta. Desde a conquista do segundo TT da Ilha de Man em 1908, até o domínio das estradas e das pistas dos anos 60 na Europa e na América, até conquistas contemporâneas com a vitória na Daytona 200 de 2014 com o motor de três cilindros em linha de 675 cm³, a vitória de 2014 na categoria Supersport no TT da Ilha de Man, os títulos britânicos de Supersport de 2014 e 2015 e novamente este ano, com mais uma vitória no TT da Ilha de Man na categoria Supersport, com Peter Hickman. Com o motor triplo de 765 cm³ da nova geração que impulsiona o campeonato de Moto2 de 2019, a Triumph já estabeleceu recordes de tempo sobre a versão anterior que utilizava o motor de quatro cilindros em linha da Honda CBR 600. Assim, a lenda das corridas da Triumph continua.

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *