Triumph lança projeto para incentivar customização das suas motos e ampliar a cultura das clássicas

Street Scrambler e Speed Twin, com customizações exclusivas, fazem parte da etapa inicial do projeto “Triumph Custom Made” (TCM).

A customização, tradicionalmente, sempre fez parte da história da marca Triumph. Agora, porém, a empresa lança um programa para ampliar essa prática. Com esse objetivo, está sendo criado o “Triumph Custom Made” (TCM). A ideia é que essa iniciativa contribua para fomentar a cultura custom e, consequentemente, a cultura de motocicletas clássicas no mercado brasileiro, atraindo o público que já transita neste universo, mas também despertando o desejo dos consumidores que ainda não customizam suas motos.

Este projeto foi lançado oficialmente, ontem, dia 9 de novembro, numa Live com a presença da Pablo Berardi, instrutor-chefe do Triumph Riding Experience (TRX), e também de Teydi Deguchi, criador da Shibuya Garage, que foi convidada a participar da iniciativa.

A ideia central desta ação é lembrar ao cliente que a customização pode começar no momento da compra da moto, na própria concessionária, utilizando a grande variedade de acessórios originais desenvolvidos especialmente para cada clássica da Triumph. São componentes originais, garantindo uma customização segura e seguindo os padrões de qualidade da fábrica. “Sabemos que a customização não para neste momento e exatamente por isso contamos com parceiros externos que já possuem experiência nesse trabalho, e que prezam por uma customização premium, assim como nossas motocicletas”, explica Renato Fabrini, General Manager da Triumph no Brasil.

Parceiros como a Shibuya Garage que recebeu o convite para participar do TCM e terá no próprio Teydi Deguchi o artista principal do projeto. Inicialmente será lançada uma linha conceito, com a assinatura TCM, com 40 motos customizadas – 22 Speed Twin e 18 Street Scrambler. Cada moto será numerada, justamente para reforçar a questão da exclusividade de uma moto customizada. Essas customizações também têm como desafio remeter às conquistas da marca em competições off-road com as antigas Scrambler e nas pistas com a Speed Twin. O trabalho de criação desenvolvido por Deguchi também fará uma conexão com grandes nomes da história do motociclismo, como o ator norte-americano Steve McQueen, motociclista apaixonado e habilidoso que também adotava esse estilo em suas motos.

As 18 Concessionárias Triumph já receberam um modelo de cada motocicleta. Os interessados em comprar um desses modelos devem ser rápidos, pois a ação é muito exclusiva. É possível comprar qualquer um deles por  meio do Triumph Smart.

Ao adquirir uma dessas 40 motos exclusivas, o cliente Triumph receberá um certificado de exclusividade do modelo assinada por Renato Fabrini e Teydi Deguchi. As entregas das motos começarão a ser realizadas a partir de hoje, dia 10 de novembro. O “Triumph Custom Made” não acaba com a venda dessas 40 motos. Ao contrário, o projeto é apenas o início de outras ações que serão realizadas visando desenvolver e incentivar cada vez mais a customização das motocicletas da marca. Entre as novidades para o futuro, além de mais motocicletas customizadas, estão competições de customização, ações de relacionamento nas concessionárias e promoções envolvendo a linha de acessórios Triumph.

MODELOS RECEBEM PACOTES ESPECIAIS DE ACESSÓRIOS

As duas clássicas da Triumph que integram essa etapa do projeto TCM, Speed Twin e Street Scrambler, receberam pacotes diferentes de equipamentos, para garantir uma customização bem personalizada em cada modelo. “Os acessórios selecionados foram uma escolha interna do nosso time, baseado nos estilos das motos e no que queríamos resgatar. Na Scrambler, por exemplo, optamos pelo para-lama alto e pelas placas de numeração (preta de um lado e amarela com a numeração do outro) para remeter às competições off-road conquistadas pela Triumph, inclusive pelo ator Steve McQueen”, explica André Molnár, gerente de Marketing da Triumph.

Além disso, a Triumph está arcando com parte dos custos para realizar essas customizações, tornando-as ainda mais atrativas para o consumidor. “Assim, pode-se dizer que o acréscimo de aproximadamente R$ 3 mil no preço das motos é simbólico, pois uma customização de nível parecido numa oficina do padrão da Shibuya poderia custar o triplo disso”, acrescenta Molnár. A edição especial da Street Scrambler está sendo lançada com preço de R$ 51.190,00 (a versão normal sai por R$ 47.990,00), enquanto a Speed Twin TCM sai por R$ 55.550,00 (R$ 52.550,00 a moto original).

A customização da Street Scrambler inclui:

  • Acabamentos pintados em preto;
  • Logotipo Heritage;
  • Pintura do tanque com tintura cinza criada para a edição limitada;
  • Placa de assinatura Shibuya em todas as motos;
  • Numeração de 1 a 18;
  • Tanque cinza com logo dourado;
  • Para-lama alto;
  • Numeração off-road;
  • Pedaleira off-road;
  • Pedaleira para o garupa;
  • Barra de proteção do guidão;
  • Protetor de tanque em borracha;
  • Grade do farol;
  • Flyscreen escuro;
  • Protetor de cárter;
  • Mesa para guidão;
  • Escape dourado (Manta).

A customização da Speed Twin inclui:

  • Banco reto marrom feito à mão, com costura diamantada;
  • Tanque de combustível cinza com logo dourado;
  • Numeração exclusiva de 1 a 22;
  • Numeração das pistas na lateral;
  • Escape dourado (Manta);
  • Detalhes pretos e dourados, criando um visual atraente;
  • Protetor do tanque em borracha;
  • Tampa do corpo de injeção preta;
  • Protetor do cárter em alumínio preto;
  • Aro do farol anodizado;
  • Indicador de direção em LED multifuncional;
  • Manetes esportivos ajustáveis.

Fonte: Triumph do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *