Ducati planeja crescimento no Brasil e lança serviço de garantia estendida que pode chegar a 5 anos

Em 2019, a Ducati fechou o ano com 1.188 motos emplacadas, o que equivale a uma fatia de mercado de 3,1% do segmento premium de alta cilindrada e um crescimento de 19% em relação a 2018. Tal resultado fez com que a unidade do Brasil ganhasse reconhecimento mundial da montadora italiana pois foi uma das poucas a apresentar crescimento na casa dos dois dígitos.

Estatísticas de 2019

Também ficou mais fácil encontrar as motos da marca pelo Brasil. A empresa ampliou sua rede, em 2019, para 11 concessionarias – em 2018 eram 7. Nesse processo, a sinergia com o grupo Audi, dona da Ducati, foi essencial. Em diversos desses pontos novos, foi possível abrir uma única loja que comercializa tanto os carros da Audi como as motos da Ducati, já que há uma convergência grande no público-alvo. Foi esse o caso, por exemplo, da concessionária de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.

Crescimento da rede de concessionárias em 2019

E esse movimento de expansão não para. A empresa já inicia 2020 com a inauguração de mais uma unidade. Localizada em Moema, a Ducati São Paulo promete atender a uma demanda grande que existe na Zona Sul da capital paulista. Ainda neste ano, existem planos de expandir a presença da marca pelo País, em estados como Paraná, Rio de Janeiro e Mato Grosso.

Uma das principais novidades da montadora italiana para 2020 é o Ever Red, um programa de garantia estendida que permite ao cliente acrescentar 12, 24 ou até 36 meses à garantia original de fábrica (24 meses). Ou seja, em seu período máximo, a moto terá uma cobertura total de 5 ano. A Ducati é a única fabricante a oferecer este extenso intervalo no mercado brasileiro.

Segundo Diego Borghi, presidente da Ducati do Brasil, o programa Ever Red traz para a realidade dos consumidores a confiança que a Ducati tem em seus produtos. “Queremos oferecer ao cliente Ducati a segurança para usufruir da sua motocicleta por um período maior, com total assistência da fábrica. Sem contar a valorização do usado em caso de troca”, explica.

Presidente da Ducati Brasil, Diego Borghi explica os planos para 2020

Como a garantia fica vinculada ao chassi da motocicleta, mesmo em uma eventual troca ela continua protegida. Para estender a garantia da Monster 797 em 12 meses, por exemplo, o cliente pagará R$ 610,37 se o serviço for contratado em até 90 dias após a compra da moto. Para o modelo Multistrada 1260 S, o valor será de R$ 1.130,15. Para os atuais proprietários cujas máquinas ainda estão dentro da garantia de fábrica de 24 meses, também existe a opção de adquirir a garantia estendida.

Vale ressaltar que a extensão do serviço mantém os mesmos critérios e escopo da que vem de fábrica. Ou seja, cobre motor, transmissão, sistema de freio, componentes de suspensão, injeção eletrônica, painel, circuito elétrico e eletrônico e sistema de direção. Continua sendo necessário fazer as manutenções periódicas e não são cobertos danos devido ao mau uso, entre outros. Sugiro verificar todos esses requerimentos em uma concessionária.

Sobre futuros lançamentos, são esperadas as chegadas de três novos modelos no Brasil. A única confirmação, até agora, é a Scrambler 800, que será vendida a partir de março. Nós, aqui, vamos esperar ansiosamente para poder pilotar essas novas máquinas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *