Harley-Davidson terá moto elétrica à venda dentro de cinco anos

Em uma entrevista recente, o vice-presidente da Harley-Davidson afirmou que a empresa terá uma motocicleta elétrica nas concessionárias dentro de cinco anos. Um protótipo já vem sendo testado com a participação dos proprietários.

A entrevista concedida por Sean Cummings, Vice-Presidente Sênior Global da Harley-Davidson foi publicada no Milwaukee Business Journal, periódico da cidade sede da marca norte-americana. Maiores detalhes não foram fornecidos, no entanto.

Electric-Harley-Davidson-LiveWire-Price3

Dessa forma, a Harley-Davidson finalmente dá luz verde ao seu projeto elétrico, o “LiveWire”, cujo protótipo vem percorrendo as principais cidades ao redor do mundo e colhe as indicações dos proprietários. Entretanto, até o momento essa iniciativa aconteceu mais no sentido de medir as reações de seu público alvo.

A estratégia dos norte-americanos também parece ser uma resposta à rival Victory, que já possui um modelo elétrico, a Empulse TT e é uma incentivadora da tecnologia em provas de velocidade e resistência, com participações na Ilha de Man e Pikes Peak.

Segundo o Asphalt And Rubber, a marca de Milwaukee está tentando trazer engenheiros de outras marcas para ajudar a desenvolver o conjunto eletromecânico, mas segundo eles o principal desafio da Harley-Davidson será vencer a resistência dos puristas, que normalmente torcem o nariz para modificações e mudanças radicais.