Son of time, a mais rápida Yamaha do projeto Yard Built

Dificilmente passa mais de uma semana sem que um novo modelo da “Yamaha yard built” – o projeto de customização encabeçado pela marca dos diapasões – seja revelado. Dessa vez, a criação se chama “Son of time”, realizado pelo construtor holandês Roderick Seibert em parceria com a marca de relógios TW Steel.

Yard-Built-Yamaha-XV950-Son-Of-Time-18

Ao contrário dos demais, o principal objetivo dessa criação foi buscar o máximo de velocidade em linha reta. Para isso, Roderick cortou e estreitou o chassi para remover quase todos os componentes originais da Yamaha XV950 e foi assim que tudo começou.

O próximo passo foi criar artesanalmente alguns componentes, tais como tampas de motor, entradas de ar, assento e o tanque. As formas esguias escolhidas não deixam dúvidas sobre os objetivos velocistas da Son Of Time.

Um dos componentes mais reluzentes da motocicleta é sem dúvida o par de rodas de fibra de carbono, produzidas pela britânica Dymag e que contribuem para a redução do peso. O escapamento é simplíssimo, um para cada lado e foi construído pela Nozem.

Yard-Built-Yamaha-XV950-Son-Of-Time-11

“Eu adorei fazer essa moto. Desde o início do processo de desmontagem estávamos muito motivados com o que tínhamos pela frente. Foi também muito interessante trabalhar com a TW Steel, que nos permitiu combinar a nossa criatividade com detalhes realmente vistosos na motocicleta. Estou muito orgulhoso com o resultado final. Eu acho que é uma boa mistura de design ‘old school’ com ideias inovadoras e, acima de tudo, velocidade.” (Roderick Seibert)

Como não poderia deixar de ser, os discos de freio flutuantes são da italiana Brembo, com 320 milímetros de diâmetro e pinças monobloco. O cilindro mestre é do tipo RCS19 e as suspensões, da marca K-Tech, são totalmente reguláveis, já que potência não é nada sem controle.

O piloto possui apenas o essencial para acelerar. Mas o que tem é de primeira linha, como os manetes ajustáveis da PP, punhos da Biltwell Rubber e tacômetro da Motogadget. Os pneus Pirelli Diablo Supercorsa são quase slicks. O motor permaneceu basicamente original, mas com a ajuda de uma nova central Commander PBX, o desempenho recebeu sua dose de pimenta extra.

Essa não é a primeira vez que falamos sobre o projeto Yard Built da Yamaha. A iniciativa permite que construtores artesanais ao redor do mundo façam suas versões especiais para a XV950, XJR1300, V-Max e outros modelos clássicos.