Victory Motorcycles encerra suas atividades

Ao fim de 18 anos de atividade, a Victory desaparece, com a Polaris Industries a focar o seu negócio de motos na Indian.

Ao início da tarde de hoje, o grupo norte-americano Polaris Industries anunciou que irá terminar de imediato todas as operações da sua marca Victory, focando a atividade da sua divisão de motos somente na Indian Motorcycle, também detida pelo grupo.
A Polaris afirma em comunicado que irá auxiliar os concessionários a liquidarem os seus stocks, e que continuarão a fornecer peças de substituição durante um período de 10 anos, bem como fornecendo serviço e coberturas de garantia a todos os atuais proprietários de motos da marca.

Para o CEO da Polaris Industries, Scott Wine, esta foi uma decisão “incrivelmente difícil”, afirma. “Ao longo dos últimos 18 anos investimos não apenas recursos, mas as nossas almas e corações, em forjar a marca Victory Motorcycles, e estamos excecionalmente orgulhosos do que a nossa equipa conseguiu (…). A experiência, conhecimentos, infraestruturas e capacidades que colocámos de pé nesses 18 anos deram-nos a confiança para adquirir e desenvolver a marca Indian Motorcycle, por isso quero expressar a minha gratidão a todos os que estão associados à Victory Motorcycle e celebrar as suas muitas contribuições.”
Na base desta decisão, continua o comunicado, estiveram diversos fatores, com a Victory a lutar para estabelecer uma quota de mercado que lhe permitisse ser lucrativa, e, considerando a forte performance e potencial para crescimento da Indian, a decisão de focar os esforços numa só marca surge naturalmente.

Depois de uma decisão semelhante da Harley-Davidson em 2009, quando decidiu terminar as operações da Buell, desaparece agora mais uma marca “Made in USA”. Felizmente, renasceu a Indian para que as motos norte-americanas tenham mais do que um emblema forte no mercado.

Mais informação oficial em www.polaris.com e www.victorymotorcycles.com