BMW K 1600 é a nova queridinha dos customizadores

BMW_K1600

O modelo alemão tem inspirado alguns projetos inusitados e criativos

Algumas motos exercem um fascínio incomum nos customizadores, como já acontece com a Harley-Davidson. Entretanto, outro modelo está tomando a atenção no radar das oficinas de personalização: a BMW K 1600. Com estilo touring e muita tecnologia embarcada a classuda alemã, que é vendida nas versões GT e GTL, a moto não é nada convidativa à mudanças, o que, justamente, está despertando o interesse desses profissionais.

É o caso do belga Freddy “Krugger” Bertrand, que levou para casa o troféu de campeão do AMD Championship, o Campeonato Mundial de Customização, cuja ultima edição aconteceu no Salão de Colônia, na Alemanha. O projeto de Krugger é a mais do que exótica Nurbs, uma café-racer futurista, que emprega o motor de seis cilindros e a eletrônica do modelo da BMW.

NURBS_1

A Nurbs do Belga Freddy “Krugger” Bertrand venceu o AMD, campeonato mundial de customização

Para o belga, a parte mecânica do projeto não foi a mais difícil. “Construir uma moto é fácil, mas construir uma moto e manter toda a tecnologia da K 1600 é mais difícil”, conta Krugger, que trocou os discos originais por peças da Beringer. Segundo ele, o maior problema foi incluir toda a eletrônica, dos computadores e sensores até o ABS.

NURBS

O projeto foi concebido como uma café racer futurista (foto: Thierry Dricot)

A Nurbs foi apenas o começo. Nesta semana, a BMW revelou dois projetos ousados feitos sobre a K 1600, que estarão expostos nos salões japoneses de Osaka e Tóquio, que acontecem no final deste mês. Com cara de veículo militar, a Juggernaut tem um robusto corpo de alumínio e uma orientação naked.

Feita por Keiji Kawakita, a moto tem linhas exageradas e perfil alongado, como a K 1300R . O customizador japonês não só aproveitou a mecânica e a eletrônica da hexacilíndrica, como conseguiu criar um visual steampunk com os seis marcadores analógicos ao lado do tanque.

BMW_JUGGERNAUT

O corpo robusto da Juggernaut é feito em alumínio 

BMW_JUGGERNAUT_2

Mostradores analógicos ao lado do tanque compõem um visual steampunk

O outro modelo foi simplesmente batizado de Ken’s Factory Special, por conta do seu criador, Kenji Nagai. Entretanto, o projeto não tem nada de simples. Aqui, a K 1600 foi totalmente despida e transformada em uma bobber. O dorso da moto é todo de alumínio, incluindo o assento e o painel reduzido a um pequeno mostrador analógico no centro.

Na dianteira, o garfo é preso em um ângulo de cáster bastante aberto e uma placa metálica com uma luz redonda substitui o complexo conjunto óptico da touring bávara. Tanto a Ken’ Special quanto a Juggenaut foram feitas a pedido da subsidiária japonesa da BMW. Sendo assim, podemos ver ainda várias outras interpretações criativas para a K 1600. (por Carlos Bazela)     

BMW_Kens_1

Em estilo bobber a moto de Kenji Nagai abre mão da carenagem 

BMW_Kens_2

A placa metálica com uma luz substitui o complexo conjunto óptico da K 1600

Fonte: Infomoto / UOL