Triumph Thruxton Darkster K-speed

Quando a triumph relançou a linha Bonneville, a intenção era estimular os novos proprietários a customizarem suas próprias máquinas com o mesmo espírito “faça-você-mesmo” dos café racers do passado. Foi o que o dono dessa belíssima Thruxton R fez, sem realizar profundas intervenções, mas com muito bom gosto.

Ao contrário da maioria das customizações que vemos, o proprietário (chamado aqui simplesmente de ‘Eak’) gostava muito de sua Triumph Thruxton original. Então, ele se concentrou em apenas refinar detalhes sutis com atualizações saborosas que, no final das contas, deram à moto uma cara inteiramente nova.

triumph-thruxton-r-darkster-k-speed-2016-1

O trabalho começou na parte traseira. O sub-chassi foi cortado e unido, de forma com que contornasse perfeitamente a linha do assento (semelhante ao original, porém com costuras mais aparentes), dispensando o uso do para-lama. O suporte para a placa existe, mas é mínimo, logo abaixo da nova lanterna traseira (de LED, com piscas integrados).

A próxima medida foi deixar a Thruxton duas polegadas mais baixa, para uma pegada mais esportiva. Isso está bem visível no rebaixamento da mesa do guidão entre as bengalas invertidas da marca Showa. Atrás, os amortecedores originais da Öhlins foram substituídos por outros menores, da mesma marca.

A Thruxton já vem com excelentes componentes de fábrica, mas mesmo assim ‘Eak’ não resistiu em melhorá-los. As pinças de freio Brembo OEM foram substituídas pelas mais poderosas M50, que vem na Ducati 1199 Panigale, por exemplo. Naturalmente, os pneus não foram esquecidos, substituídos por dois Pirelli Diablo Supercorsa SP, o traseiro passando de 160 para 180 polegadas.

Na dianteira, o para-choque original foi trocado por outro mais moderno, feito sob encomenda. Os piscas originais também deram lugar a outros menores e mais discretos. O painel original foi mantido. Os manetes, no entanto, são do tipo Rizoma, assim como os espelhos, que estão nas extremidades do guidão.

triumph-thruxton-r-darkster-k-speed-2016-5

Tanque de combustível, capas laterais, tampas de motor, aros das rodas e ponteiras de escapamento ganharam uma nova pintura em preto fosco que inspirou o novo nome dessa Thruxton: ‘Darkster’-K-Speed’. Para finalizar, os coletores foram revestidos com fitas térmicas, medida que diminui o calor e até (dizem) aumenta a potência.

Mas o que definitivamente aumentou nessa Thruxton R foi o seu charme. Realizando relativamente poucas modificações em pontos estratégicos, ‘Eak’ provou que não é preciso ser um mecânico nem um milionário para dar um toque personalizado – e muito esportivo – à sua motocicleta.