O falso comercial da Harley-Davidson que nem eles fariam melhor.

Misteriosamente, a marca não teve nada a ver com a produção do comercial. Tudo ocorreu por causa do diretor Andreas Burns,que buscava um prêmio de “Young Directors Awards” (prêmio para jovens diretores) na categoria Webfilm.

Mas esta curta-metragem, The Inner Child (a criança interior), resultou ser de tão alta qualidade e forte conteúdo institucional, que a marca acabou sendo a mais beneficiada nesta história.

O homem sentado em frente a uma grande janela, lança um olhar perdido sobre a cidade chuvosa e uma atitude que denota frustração, como se fosse prisioneiro do próprio presente. Não está onde gostaria de estar, não eram estes seus planos de infância, e sua criança interior está lá para lembrá-lo.

A asfixia, sensação de falta de ar e de ter atingido um limite de insatisfação em sua vida, que o fará largar tudo neste mesmo instante. Durante todo o filme, uma jornada em busca desta inocência e liberdade perdidas, que em suma, as reencontrará em cima de uma Harley enquanto o vento bate em seu rosto.

Em uma entrevista para a revista on-line AdFreak, Bruns disse que a idéia do filme surgiu a partir de uma experiência pessoal, quando atravessava uma crise pessoal, buscando sentido nas coisas que fazia. Ele fez uma viagem à Espanha, para espairar a sua mente, e se encontrou andando em Almeria, onde as cenas externas foram filmadas.

“Whatever is in you, is out there” (o que quer que esteja em você, está lá fora).

A excelente direção de Andreas Bruns consegue transmitir um manifesto neste curta (de roteiro impecável, sem sequer reproduzir uma linha de diálogo), e vale destacar que a Harley-Davidson foi uma acertada escolha de marca. Por seu espírito rebelde, estas motocicletas falam sobre valores como a liberdade e a capacidade de sermos donos de nosso destino na vida.

Um posicionamento de marca brilhante, contando uma história da vida e aventura, que consegue chegar diretamente ao consumidor desta classe de produtos. Gratos por esta promoção gratuita, os responsáveis pela Harley-Davidson podem ficar tranqüilos sabendo têm feito bem seu trabalho.